segunda-feira, 1 de junho de 2009

Coisas da lingua(gem)

Falando do desaparecimento do avião que fazia, ontem, a rota Rio/Paris, uma autoridade disse, diante das câmeras de TV: "os parentes estão muito tristes, mas é uma tristeza civilizada".
A interpretação é óbvia. É fácil entender o que ele quis dizer.
Depois fico pensando, sem meus botões... Só a violência tem livre curso...

Mas, para não ficar só no triste, lembro a fala da doméstica que chegou perto da patroa e avisou:
-Estou com azia. Hoje não passo de uma velha aziática. Vou me encolher no meu quarto. Se precisar de mim, arrombe a porta ponto com.

Coisas da indomável lingua(gem).

2 comentários:

  1. Achei muito engraçado:"não passo de uma velha aziática... arrombe a porta ponto com" (risos). Depois falo sobre um e-mail nesse sentido. Mas não tem velório que resista ao humor. Mas voltando a avião: quem escapar de um acidente aéreo, voou pela última vez.

    ResponderExcluir
  2. Ehhhh... que bom achar você aqui também...! Abração!

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes