sexta-feira, 19 de junho de 2009

Onde tem céu é mundo

Música que compus e entreguei (só a letra) a Liz Rosa, cantora potiguar que se mudou para o Rio de Janeiro:

Onde tem céu é mundo, pois é.
A pele é rasa, o coração é fundo.

O caminho me espera,
É só caminhar...
Se tem pedra viro água

Mas não vou parar,
Não vou parar.
Se o desejo é forte faz acontecer.
É preciso ter a arte de afagar vulcões
Sem se queimar.
Não trago nada que não seja meu,
Não trago nada que não seja eu.

Às vezes é preciso a gente transtornar
A vida besta que quer galopar,
Ganhar o mundo feito ventania
Sem mais parar,
Sem mais parar...

3 comentários:

  1. Esperemos que a melodia seja tão bela quanto. Há que se ter harmonia, pois não? Parabéns pela composição.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Ridan... Tenho outras composições, minhas sedes são muitas, como vê... Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Ridan... Tenho outras composições, minhas sedes são muitas... abraços!

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes