quinta-feira, 30 de julho de 2009

a árvore e o homem



Gaston Bachelard:

Uma botânica imaginária, feita da invocação aos ramos, à madeira, às folhas, às raízes, à casca, às flores e às ervas, pôs em nós um fundo de imagens de espantosa regularidade.
Valores vegetais nos comandam. Cada um de nós ganharia em fazer o levantamento desse herbário íntimo, no fundo do inconsciente, onde as forças suaves e lentas de nossa vida encontram modelos de continuidade e perseverança. Uma vida de raízes e de rebentos está no coração de nosso ser. Na verdade, somos plantas muito velhas. (...) A árvore possui mão, uma longa mão branca. E o braço do homem expande-se como uma palma. Uma raiz de árvore é já uma perna. Uma perna de homem assume uma torção perfurante para se instalar, como uma raiz, profundamente na terra.

6 comentários:

  1. Que bom poder voltar, minha cara Poeta.
    Tanto tempo ausente, tanto para ler, para degustar.
    Obrigado pelo (re)acolhimento.

    ResponderExcluir
  2. FIQUEI MUUUUITO FELIZ COM SEU RETORNO! CELEBRO, IMAGINARIAMENTE, COM UM INCENSO E UM COPO D´ÁGUA DORMIDO DEBAIXO DA LUA...

    ResponderExcluir
  3. amooo bachelard!
    as árvores em sua condição de "heróica retidão"...
    bachelard é apaixonante e é muito encontrá-lo por aqui...
    bom conhecer seu espaço!

    beijos...

    ResponderExcluir
  4. Nivaldete..

    Que lindo esse texto.. Sou muito apaixonada por Bachelard e suas póeticas todas com fogo, água, ár.. por dentro.
    Feliz de te ver ontem.. queria ter te dado um abraço.
    saudade
    Mi
    www.paodecadadia.zip.net
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Desculpe o acento no ár..rsrs
    é que foi aberto mesmo:) rs

    beijos
    Michelle

    ResponderExcluir
  6. Obrigada a Mulher na Janela (belos poemas...) e a Michelle. Amo Bachelard também e amo vocês.Vai ter mais Bachela.... Beijins

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes