sábado, 10 de abril de 2010

o caso é o caos

3 comentários:

  1. O acaso do ocaso - ou seria o ocaso do acaso -não mais me brada.
    Boa incursão na poesia concreta.
    Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela colaboração, Paulo Jorge! Poesia interativa!... Unm abraço.

    ResponderExcluir
  3. Atualmente o caos está tendo, cada vez mais, a violência do casco... Resta mesmo bradar!
    Beijo

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes