domingo, 20 de junho de 2010

sem goiva ou bússola

saber-se convertido em espera...
e saber ainda
que havia um trabalho
-sem método
 sem aço
 sem esquadro ou giz
 sem água ou barro
 sem goiva
 ou bússola
 sem matéria:

 cavar uma janela
 onde não há parede
 e por ela saltar
 no próximo instante

 Encontrar é assim.

5 comentários:

  1. Nivaldete:
    Por isso que o encontro desbussulado quase sempre causa alguma emoção, prazerosa mesmo que pequena, gigantesca, sempre que frustrante. Às vezes, no entanto, pode causar coisa nenhuma, mas nesses casos não se salta da janela.
    Beijo pra você

    ResponderExcluir
  2. vir aqui é conhecer mundos em palavras.
    "goiva": eis aqui um mundo para eu descobrir.

    beijos, S.

    ResponderExcluir
  3. É, Maria Teresa, só posso me repetir: você expande o texto da gente! Maravilha! Obrigada. Beijos.


    Mme. S., você me deixa sem jeito... Sempre dizendo coisas que me elevam... Gosto de algumas palavras em particular: goiva é uma delas.
    Um beijo pra você boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Belo poema, Nivaldete.Trabalho que só poeta sabe fazer: sem goiva, bússolas, roteiros.Só com acasos, surpresas,descobertas.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo,
    Ai dos poetas se não fossem os (bons) leitores. Como você! Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes