quarta-feira, 3 de novembro de 2010

em que sentido se vai?


e esse vozerio do mundo
essa normalidade louca
tudo apressado e apreçado
o custo da veste e da água
       da luz e da alma

qual mesmo o endereço?
em que sentido se vai?

quer um café
yoga música travesseiro
cortar distâncias com faca,
mansão gruta ou estrada?
um cachorro uma tv
seu nome lido no mundo?
nada disso preenche
a gula enorme da mente?


o que fez o amor?
como se faz o amor?

e o contentamento?
-este é dos passarinhos


e essa cruz das aparências
em que todos estão pregados?

a cachaça disfarça
a solidão de cada um?

quem inutiliza os tambores da dor?
a dor será um congênito engasgo?

um shopping é um atestado
da nossa miséria interna
que nos faz necessitar tanto?

-quero dez caixas de... nada:



preciso é de transcendência...

5 comentários:

  1. É hora de se juntar os caquinhos do passado, porque o presente é (des)contentamento. "Shopping é miséria interna". Estava saudoso do Lápis. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Querida Nivaldete:
    São essas gulas de mais ou de menos que nos fazem querer mais ou menos caixas; importante é que haja boa provisão delas. Lindo poema!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito bom. Cada uma dessas perguntas merece resposta. É o que estou tentando fazer aqui comigo mesmo, juntando-as à persistente pergunta: Há de fato algum sentido? E perguntar algo parecido já é uma forma de transcendência.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Borges, o silêncio do Lápis foi talvez pelo vozerio do mundo. A gente às vezes fica atordoada... Obrigada pelo retorno.

    Maria Teresa querida, caixas de chocolate vão bem, não?... É só conter a gula... rss... Um beijo.

    Marcantonio, quando a gente faz perguntas assim está longe do Tao. Estive/ainda estou, por estes dias. Preciso também de estrada e gruta...
    Obrigada. Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Certeira como uma seta invisível, minha Diva! Um cheiro bem grande de admiração. S

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes