domingo, 16 de junho de 2013

(im)perfeição

"Nada escapa à perfeição das coisas, é essa a história de tudo". C. Lispector, em Perto do Coração Selvagem.

Só com muita transcendência, só em outra dimensão, Clarice. Porque, no chão comum destes dias, aqui,  quase tudo escapa à perfeição. Não é perfeito, por exemplo, ver uma grande máquina mastigando uma casinha, com seus dentes gigantescos e polidos. A casinha era de duas mulheres pobres, mãe e filha. Elas estavam dentro, pediram que não, que não, não!... Mas a máquina era surda, e quem a manobrava era pobre também. E não era surdo, mas não ouviu. Disseram que não ouvisse.

Surreal. Mas é real...
A supercopa... É tudo por ela. Futebol virou o ácido colídrico dos espíritos?

2 comentários:

  1. O futebol está causando colisão nesse país. Rolo compressor

    ResponderExcluir
  2. um país recém-nascido desse não podia fazer um mega investimento desses, atropelando a todos. Abç

    ResponderExcluir

Escreva aqui na parede seu comentário. Venho ler depois.Obrigada.

Divulgue seu blog!
Informe o código: 956
Faça pontos, ganhe brindes